Menu

Descoberta confirma no Peru o maior sacrifício religioso de crianças

Descoberta confirma no Peru o maior sacrifício religioso de crianças

Arqueólogos descobriram restos mortais de 50 crianças que foram mortas em ritual religioso da cultura chimú, na costa norte do Peru. A descoberta ocorreu no setor Pampa La Cruz, em Huanchaco, na cidade de Trujillo. Trata-se de um local perto de outros vestígios de 140 crianças, além de adultos, cuja localização em 2016 está a 700 km ao norte de Lima. Em ambos os sítios arqueológicos os sacrifícios apresentam o mesmo padrão: um corte no esterno e costelas abertas. Os ossos das duas descobertas são tantos, que ainda não foi possível saber com exatidão o número de crianças mortas em rituais naquela região, entre 1400 e 1450. Mas se trata da maior assassinato de crianças por motivos religiosos já descoberto até agora na história da humanidade, de acordo com o arqueólogo Gabriel Prieto. Os chimús adoravam deuses, e um deles era a Lua. Interpretavam fenômenos naturais, como tremores do solo, como fúria das divindades. Matavam crianças e animais para acalmá-las. Essa civilização foi dizimada pelos incas, que depois teriam um encontro fatal com os espanhóis.

Fonte: National Geographic

Conheça o livro que tem abalado o mundo religioso! Clique Aqui!

Participe de nossa enquete. Sua opinião é muito importante para nós! Clique Aqui e de seu voto.

Mídia

voltar ao topo